CRISTIANE BRASIL FAZ GESTÃO TEMER PARECER ÓPERA BUFFA - JOSIAS DE SOUZA

01/02/2018

FONTE - BLOG DO JOSIAS 

Dê um Atlântico para Michel Temer administrar e, em pouquíssimo tempo, o oceano estará importando água temperada com sal. Dê-lhe uma Esplanada para preencher e haverá uma hedionda escassez de respeitabilidade nos ministérios. Pendurada nas manchetes há quase um mês como ministra sem posse, Cristiane Brasil tornou-se a penúltima evidência de que, sob Temer, o governo caminha para um desfecho de tragédia. A presença do tenor Roberto Jefferson no palco dá à peça uma incômoda aparência de 'de ópera-bufa.

Nesta quarta-feira, a filha do Pavarotti do PTB protocolou no Supremo Tribunal Federal uma manifestação na qual, munida de autocritérios, sustenta ser plenamente habilitada para exercer as atribuições de ministra do Trabalho. Depois do vídeo que correu as redes sociais, a insistência da deputada apenas reforça a impressão de que sua quase-nomeação virou uma sátira de costumes mal escrita, com um diretor demasiadamente comercial e atores fora dos seus papeis. Não é à toa que 70% dos expectadores reprovam a presença de Temer na direção-geral.

Uma coisa é certa: considerando-se a cara de pau de Cristiane, a mobilização da Advocacia-Geral da União e o descompromisso de Temer com a plateia, a filha de Roberto Jefferson acabará assumindo o Ministério do Trabalho. Embora continue sendo uma piada.

MEU COMENTARIO

Alguém escreveu na internet que se assumir ficará por apenas 64 dias, prazo máximo para que se desincompatilize para concorrer à reeleição como deputada federal em outubro. 

Será isso mesmo?

Aguardam-se novas notícias do affair Cristiane Brasil...