GOVERNO ANUNCIA MINISTÉRIO SEM DIZER O QUE A PASTA FARÁ - MIRIAM LEITÃO

19/02/2018

Governo anuncia ministério sem dizer o que a pasta fará

POR MÍRIAM LEITÃO

FONTE - O GLOBO 

O Ministério da Segurança Pública é uma ideia vazia. O que faria a nova pasta, prometida pelo presidente, que o Ministério da Justiça já não faz? A proposta não faz sentido, mais se parece um hiperativismo do governo para demonstrar que está fazendo algo; é mais fumaça do que fato. O Planalto avisou no sábado que criará o novo órgão sem definir, no entanto, qual a missão, o objetivo, o que ficará sob ele e como a decisão vai melhorar a atuação do governo federal na área.

Se o Ministério que já existe não atua, é preferível trocar o ministro. Os instrumentos estão lá na pasta, a Polícia Federal e a Secretaria Nacional de Segurança Pública estão sob o Ministério da Justiça. A definição já está ocupada.

O governo federal decidir que vai aumentar sua participação na segurança é algo importante. O combate ao crime é uma tarefa de todos os entes da federação, não pode ficar apenas a cargo dos estados, até porque o crime hoje tem conexões nacionais e internacionais. Mas a ideia de criar um novo ministério não se sustenta.

 E a escolha do nome para comandar a pasta pode piorar ainda mais o que já está ruim. A primeira ideia, que já foi afastada, era Luiz Antonio Fleury, que foi governador de São Paulo durante a invasão do Carandiru. Impressiona que o nome dele tenha sido o primeiro a aparecer.