GOVERNO ESTIMULA A DIETA DA MANGA E LANÇA O PROGRAMA FIO DENTAL - COZINHA BRUTA

13/04/2019

COZINHA BRUTA

Comida de verdade, receitas e papo sobre gastronomia com humor (bom e mau)

MARCOS NOGUEIRA


Governo estimula a dieta da manga e lança o programa Bolsa Fio Dental

    Marcos Nogueira

    O governo federal é um verdadeiro pomar: tem o laranjal do PSL, a goiabeira santa da ministra Damares Alves, o abacaxi da reforma da previdência.

    Eis que outra ministra -Tereza Cristina, da Agricultura- afirma que nossos pobres não passam fome porque há pés de manga nas cidades brasileiras. Manga, abobrinha, groselha. A variedade de hortifrutis governistas supera a oferta dos melhores sacolões.

    Cara ministra: se manga fosse medida de qualidade de vida, Belém do Pará teria o maior IDH do planeta.

    O canto onde eu moro tem mangueiras idosas e parrudas, pra lá de dez metros de altura. A ministra sabia que, sem poda, a Mangifera indicapode chegar a 40 metros? Está lá no livro "As Frutas no Brasil", do botânico Harri Lorenzi.

    Isso dificulta um bocado a colheita urbana. Bem mais fácil um morador de rua morrer de mangada acidental quando cochila sob a sombra da árvore.

    O abacateiro, outra espécie abundante por estes lados, apresenta o mesmo problema. A jaca? Sua letalidade é altíssima no caso de queda sobre um ser humano. E quem se habilita a carregar uma jaca perfumada no ônibus lotado? Isso descamba em revolta popular, em tumulto.

    As goiabas são das moscas e dos passarinhos. Tem gente que enxerga Jesus na goiabeira -eu nunca consegui ver um fruto maduro e inteiro.

    Para não parecer implicante com a ministra, vou admitir que existem árvores frutíferas mais acessíveis nas calçadas paulistanas.

    Eu mesmo me sirvo das frutinhas quando saio pelo bairro com filho e conje. Conge. Côn-ju-ge.

    A depender da época do ano, encontramos amoras roxas ou pitangas. A senhora não imagina quantas pitangas um indivíduo precisa comer até ficar saciado.

    Falando nisso, voltemos à manga da ministra Tereza Cristina.

    Como bem apurou o colega Ricardo Ampudia (entusiasta do modo de vida vegano, aliás), são necessárias nove mangas de 300 gramas para atingir as 2 000 calorias diárias que a OMS recomenda para um indivíduo adulto. Quase três quilos de manga todo dia.

    Mas a gente não vive só de calorias (concorda, ministra?). Existe um negócio muito louco que se chama proteína. É algo bastante importante na nutrição humana -e muito escasso nas mangas. Uma pessoa com 70 quilos precisaria de 47 mangas ao dia para obter a dose saudável de proteínas. Mais de 14 quilos de comida. Moleza.

    Por último, um tópico que ficou de fora da discussão: e os fiapos de tanta manga? Imagina os dentes desses pobres cidadãos. A manga pode ser grátis, mas o fio dental custa um dinheirão. O governo seria obrigado a lançar o programa assistencial Bolsa Fio Dental.