MAS QUE MATRIARCADO! - LILIAN WHITTE FIBE - VEJA.COM 

26/02/2018

Mas que matriarcado!

Corrupção na Bahia: depois da mãe octogenária de Geddel, a do dinheiro no closet, hoje surge outra mãe, a de Jaques Wagner.E ele tinha 15 relógios de luxo!

Ex-técnico petroquímico em subúrbio ferroviário de Salvador, Jaques Wagner teve 15 relógios de luxo apreendidos em casa (VEJA.com/VEJA)

Primeiro foi a mãe de Geddel Vieira Lima, Marluce, 80 anos (aquela do dinheiro guardado no closet), que apareceu no noticiário policial da corrupção. Segundo a Procuradoria-Geral da República, que a acusa pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, Marluce tem papel ativo na roubalheira que já mandou pra prisão o filho mais famoso.

E não é que hoje vemos a casa de outra mãe do alto clero da política baiana mencionada em operação da Polícia Federal?

O ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, do PT, sempre mencionado como possível candidato a presidente se Lula não concorrer, é investigado por propina nas obras do estádio Arena Nova.

O principal delator da operação "Cartão Vermelho", disse que entregou parte da propina na casa da mãe de Wagner, no Rio.

Outra coisa: não é no mínimo estranho que uma pessoa que tenha começado a vida como técnico petroquímico num subúrbio ferroviário de Salvador tenha 15 relógios de luxo em casa?

Na relação de objetos apreendidos pela PF hoje, durante a busca no apartamento onde mora o ex-governador e atual secretário de Estado, em bairro nobre de Salvador, estão 15 - quinze - relógios considerados de luxo.