UM PROCESSO INEXORÁVEL - MURILLO DE ARAGÃO

01/02/2018

Um processo inexorável

O que justificaria Lula não ser alcançado pela lei?

Por Murillo de Aragão - FONTE- VEJA.COM

Vamos entender as coisas. Para algumas cabeças ilustradas, o ex-presidente Lula deveria sair candidato a presidente da República este ano mesmo tendo sido condenado pela Justiça. Pois, segundo eles, sem Lula nas eleições a democracia estaria em risco. Ou sendo fragilizada.

Então, nesse sentido, os processos judiciais a que o ex-presidente petista responde deveriam ser jogados no lixo ou congelados para que ele pudesse exercer o direito de ser candidato. É isso mesmo?

Sendo assim, devemos ignorar os processos e as decisões do juiz Sérgio Moro e do 4º Tribunal Regional Federal porque, ao seguirem o que manda a lei, estariam vulnerando a democracia...Que loucura!

Considerando que o raciocínio seja válido, devemos declarar - desde já - a revogação da Lei da Ficha Limpa. Bem como assegurar que todos os investigados pela Operação Lava-Jato possam disputar eleições, ainda que condenados.

Em nome da democracia, devemos também libertar Paulo Maluf, que seria, partindo do pressuposto que orienta a argumentação de Lula, uma espécie de preso político da Justiça!

O que justificaria Lula não ser alcançado pela lei?

Teria sido ele "imunizado" pelo BBB da política nacional, já que, no caso dele, pau que bate em Chico não bate em Francisco, numa espécie de Animals Farm de George Orwell?

Não é assim que deve funcionar. Lula deve ter os mesmos direitos e as mesmas garantias que os demais cidadãos. Deveria ser óbvio. Mas isso não é evidente para muitos que acham que Lula deve ter um tratamento diferenciado.

O julgamento de Lula decorreu sob o império da lei, quer concordem ou não com isso. Foram dadas a ele amplas oportunidades de defesa. E outras tantas ainda serão dadas. E assim deve ser sempre em uma democracia.

Tampouco devemos concordar que Lula deve ser "justiçado" com base em meras suposições ou porque "não é possível" que ele não soubesse de nada. Tudo em relação a ele e a outros investigados deve ser amplamente investigado e comprovado.

Porém, Lula, como outros políticos, foi pego em meio a uma revolução cultural de costumes políticos que, é um processo inexorável. Ele e outros tantos vão enfrentar as barras da lei por conta de regras que existiam e não eram seguidas.

Por fim, todos devem lembrar que não é apenas Lula que está sendo investigado e condenado. Outros tantos já o foram e faz parte de um processo que, no limite, somente fortalece a nossa democracia. Ainda que, aqui e ali, ocorram exageros por conta de um certo ativismo judicial desmedido.